PREJUÍZO FINANCEIRO: Produção Interrompida. Atraso na Folha de Pagamento. Pacientes em Risco de Vida. Qual a consequência da paralisação dos sistemas da sua empresa?

PREJUÍZO FINANCEIRO: Produção Interrompida. Atraso na Folha de Pagamento. Pacientes em Risco de Vida. Qual a consequência da paralisação dos sistemas da sua empresa?

13/04/2020 0 Por WorkDB

Um hospital na República Tcheca precisou interromper as operações após ter seus sistemas invadidos por hackers.

A paralisação foi consequência de um ataque cibernético que impedia a transferência de resultados de exames e informações sobre os pacientes para o banco de dados central.

A ação resultou no fechamento do segundo maior hospital do país e do maior centro de testes para o Covid-19 da região, prejudicando milhares de pessoas.

O exemplo foi para ilustrar como somos dependentes da tecnologia, independente do setor em que atuamos.

Com tamanha necessidade de softwares e dispositivos eletrônicos, se algo parar de funcionar inesperadamente, o que pode ser feito?

A seguir vamos abordar quais são as consequências de um sistema paralisado, ou pior, com sinais de invasão cibernética.

  • Refém ou aliado? Tecnologia como recurso fundamental para as empresas;
  • Ameaças virtuais: saiba o que pode arruinar seu negócio;
  • Quais as consequências de sistemas em mau funcionamento?
  • Como prevenir situações de risco e aumentar a segurança dos sistemas?

REFÉM OU ALIADO? A TECNOLOGIA COMO RECURSO FUNDAMENTAL PARA AS EMPRESAS

A maioria das empresas são informatizadas e contam com no mínimo um computador ou smartphone para exercerem suas atividades.

A realidade é que o mundo digital veio para ficar e está ganhando mais força a cada dia que passa. Empresários que souberem manejar esse recurso a seu favor poderão se sair bem, mesmo durante a quarentena.

É quase impossível manter um negócio rentável sem o auxílio de ferramentas tecnológicas atualmente, uma empresa sem presença na internet está fadada ao fracasso.

Essa teoria se fortalece no cenário atual, em meio a pandemia do novo coronavírus se espalhando de forma rápida pelo globo.

As medidas de prevenção incluem uma quarentena que não tem data para acabar.

Autoridades sanitárias recomendam o isolamento total das pessoas e os órgãos públicos exigiram o fechamento de lojas e comércios de insumos não fundamentais.

O que acarretou na migração de diversos negócios para o ambiente digital, em operação 100% remota.

O crescimento das entregas delivery e compras pelo e-commerce é consequência do isolamento social, porém, infelizmente, nem todos os setores conseguem funcionar apenas pela internet.


AMEAÇAS VIRTUAIS: SAIBA O QUE PODE ARRUINAR O SEU NEGÓCIO

Essa interdependência das pessoas com as máquinas tem um preço.

Muitas vezes, toda a operação ou produção de uma empresa fica a cargo de uma máquina ou software.

A cibersegurança pode ser reforçada com programas adquiridos por desenvolvedoras certificadas.

O risco de uma pane também é muito menor, mas não impossível.

A maior causa de perda de dados está relacionada a invasão dos sistemas por vírus ou malwares, que podem ser implantados de diversas formas.


Veja as portas de entradas mais comuns para cybercriminosos roubarem informações de pessoas e empresas:

Wifi
Redes de wifi públicas são as mais susceptíveis a serem invadidas porque, na maioria das vezes, não são criptografadas, ou seja, não precisam de senha para acesso.

Uma outra forma bem comum de invasão é a através da criação de redes de internet fictícias, onde o usuário precisa inserir alguns dados ou mesmo fazer o download de algum arquivo para acessar o suposto wifi.


Bluetooth
A rede de conexão via bluetooth ainda é bastante utilizada entre dispositivos com IoT (internet das coisas), como smartvs ou smart watches, por exemplo.

Ainda que pareça ingênua, por não ter ligação direta com a internet, é possível que sejam implantados vírus através do dispositivo anterior que, ao realizar conexão com um próximo, este é automaticamente infectado.


Cabos USB
Sim, uma outra forma de se contaminar sistemas é conectando dispositivos através de cabos USB desconhecidos.

Uma vez contraído o vírus, o cabo o carrega e todo outro que a ele for conectado poderá ser invadido.


Spam
A forma mais comum de invasão cibernética é através de e-mails suspeitos. Geralmente, contendo links para migrar o internauta de página ou para realização de download, carregados de vírus, obviamente.

Os spams, também chamados de pinishing, estão cada vez mais sofisticados. É importante ficar atento a extensão do endereço eletrônico do qual recebeu a mensagem.

Geralmente, mascaram o nome de uma suposta empresa, mas utilizam letras ou números que dificultam seu rastreio.


QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DE SISTEMAS EM MAU FUNCIONAMENTO

Como vimos anteriormente, as empresas dependem muito da tecnologia para operar atualmente.

Algumas delas funcionam exclusivamente no campo digital, por isso a necessidade de programas mais seguros.

Desde o cadastro de um cliente até a folha de pagamento dos funcionários, para todas essas atividades contamos com algum programa para ajudar a gente, não é mesmo?

Imagine um e-commerce paralisado por mau funcionamento de um sistema, a perda de dezenas de vendas e o prejuízo financeiro direto que isso acarreta.

Até a completa perda de um data center com informações valiosas sobre clientes e até mesmo o histórico de compra e venda da empresa, uma verdadeira catástrofe.

Isso sem falar na possibilidade de roubo de dados sigilosos da empresa e de seus clientes para aplicação de fraudes.

Se livrar das consequências de situações complexas como esta pode ser quase impossível. Por isso a prevenção é a ferramenta mais poderosa que podemos usar quando falamos em sistemas.


COMO PREVENIR SITUAÇÕES DE RISCO E AUMENTAR A SEGURANÇA DOS SISTEMAS

O bom funcionamento dos sistemas é primordial para salubridade de qualquer negócio.

E agora você deve estar se perguntando: como posso proteger minha empresa de todas essas ameaças virtuais?

Conhecer bem a desenvolvedora do software que pretende usar em seu negócio e garantir que ela possua soluções de qualidade e devidamente certificadas é um primeiro passo.

A WorkDB tem programas para diversos segmentos da indústria e comércio, além das mais avançadas tecnologias de armazenamento em nuvem e proteção antivírus.

Todos os softwares precisam estar protegidos e em bom funcionamento. Seu servidor também precisa oferecer assistência para que você conheça o sistema e possa treinar todos que trabalharão com ele.

O armazenamento de dados em nuvem é uma das ferramentas mais utilizadas atualmente para prevenção de perda de informações devido aos backups automáticos.

O recurso também não sobrecarrega redes ou dispositivos, garantindo um bom funcionamento e consequentemente a produtividade nas atividades.

Todos os canais de risco de contaminação por malwares devem ser salientados com os colaboradores, mesmo em tempo de quarentena, a comunicação e o treinamento continuam sendo a principal ferramenta de segurança das corporações.

Com a desenvolvedora WorkDB é possível ter soluções combinadas, intuitivas e adaptadas às necessidades da sua empresa.

Banco de Dados, Cloud, Business Inteligence, Big Data, Suporte em Sistemas de Gestão e Segurança são apenas alguns dos serviços oferecidos.

O que você achou deste conteúdo? Tem uma visão diferente? Queremos te ouvir. Use o espaço dos comentários abaixo e nos dê sua opinião!

FALAR COM ESPECIALISTA

WorkDB – Cuidamos dos Dados. Cuidamos do seu Negócio.