Categorias:

Mulheres no mercado de TI

Março é o mês das mulheres. Mas essa data não deve ser de homenagem e sim de reflexão. Neste post, vamos falar da presença feminina no mercado de tecnologia. Acompanhe!

Sim, mulheres podem tudo. Isso já está mais do que óbvio e embora a presença feminina esteja cada vez mais forte, vez ou outra a gente ainda vê alguma situação ou escuta alguma coisa que nos relembra que ainda temos muito para conquistar.

A presença feminina no mercado de TI

O cenário do segmento vem se transformando ano após ano, com a ajuda e influência de profissionais cada vez mais qualificados, e com o crescimento da diversidade dentro das empresas de inovação e tecnologia.

Os números ainda são tímidos e apontam para uma necessidade cada vez maior de programas de inclusão feminina no mercado tecnológico. Embora essa representatividade tenha crescido nos últimos anos, o mercado de TI conta somente com 25% de sua força de trabalho representada pelas mulheres.

Quando falamos do contexto brasileiro, o número se agrava ainda mais, com apenas 18% de representatividade. Embora muitos possam acreditar que os números são o reflexo da busca feminina pelo mercado de TI, a verdade é que grande parte das profissionais sofrem com a disparidade salarial, que chega a ser até 34% mais baixa, e com a falta de oportunidades.

Mulheres são antenadas, inovadoras, cientistas, curiosas e revolucionárias. E assim como a tecnologia tem potencial para transformar nossas rotinas e a forma como vivemos, mulheres têm o poder de transformar o mundo. Hoje, a presença feminina no mercado de tecnologia já evoluiu muito. Mas você já parou para pensar como essa área é estereotipada?

Quando você pensa em uma pessoa programando um site ou game, imagina sempre um homem? Além disso, normalmente magro e de óculos? Então está na hora de criar um novo conceito de tecnologia na sua cabeça, repleto de mulheres inteligentíssimas, poderosas e que deixaram o seu nome na história.

Comunicação sem fio

Durante a segunda guerra mundial, Hedy Lamarr e George Antheil criaram o que chamavam de “salto frequência”. Graças a essa descoberta outras tecnologias puderam ser desenvolvidas, como telefone celular, Wi-fi e muitas outras.

Algoritmo

Ada Lovelace é atualmente reconhecida por ter escrito o primeiro algoritmo a ser processado por uma máquina analítica, tornando-se a primeira pessoa programadora. A partir dessa descoberta, já podem imaginar tudo o que a tecnologia evoluiu, não é mesmo?

Calculadora gráfica

Edith Clarcke, além de ter sido a primeira mulher engenheira elétrica empregada nos Estados Unidos, também inventou a calculadora gráfica, usada para resolver problemas na linha de transmissão de energia.

Isso são só alguns exemplos históricos. Temos mulheres incríveis fazendo a diferença em empresas enormes como a Apple, CEOs de grandes nomes da internet como o Yahoo também e por aí vai.

Existem diversas outras mulheres na tecnologia que realizam trabalhos fantásticos. Em outras palavras, sem medo e com dedicação é possível conquistar seu espaço! O importante é não deixar ninguém te dizer que você não é capaz. Porque você pode fazer tudo o que quiser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *