Categorias:

5 mitos sobre a inteligência artificial

Imagem do avatar de
Publicado por workdb

A inteligência artificial por muito tempo pareceu coisa do futuro. Mas ela já é realidade. Neste post, te contamos 5 mitos sobre ela!

A transformação digital foi acelerada pela pandemia e com isso, muitas inovações que pareciam demorar para realmente virarem no mercado acabaram se tornando necessidade em questão de dias.

A adoção corporativa de Inteligência Artificial (IA) cresceu mais de 270% nos últimos quatro anos, segundo um relatório da Gartner. Como a IA tem a capacidade de acelerar os processos de negócios e gerar maiores retornos sobre o investimento (ROI), cerca de 37% das organizações já adotaram totalmente a tecnologia, segundo o relatório. E a tendência é que essa adoção continue crescendo cada vez mais e em um movimento cada vez mais acelerado.

A Inteligência Artificial (IA) está na moda no momento. Milhares de sites, jornais e veículos de mídia estão repletos de opiniões sobre o que é e como ela será no futuro. No entanto, como qualquer coisa que se torne popular e objeto de debate, gera sempre todos os tipos de opiniões.

À medida que a tecnologia da inteligência artificial se torna um conceito cada vez mais conhecido, informações e conceitos falsos sobre o tema também acabam surgindo e causando dúvida e até mesmo medo e resistência das pessoas. Por isso, separamos cinco mitos sobre a inteligência artificial para que você entenda de uma vez por todas do que se trata essa inovação!

Mito 01: a inteligência artificial vai extinguir empregos.
Realidade: não é bem assim! A inteligência artificial surgiu com o conceito de inovar os processos e deixá-los mais produtivos e simplificados. Assim, novas funções devem surgir para que a IA seja inserida na cadeia produtiva, mas isso não significa que ela substituirá o trabalho humano.

A ideia da tecnologia é sempre tirar as pessoas de atividades repetitivas e que podem ser substituídas e facilitadas por máquinas para que o papel humano seja cada vez mais estratégico.

Mito 02: A IA é mais inteligente que as pessoas

Realidade: a IA é tão inteligente quanto quem a programa. A verdade é que nunca criaremos um mecanismo de IA autoconsciente. Antes de tudo, o fato de ainda não entendermos como funciona a consciência humana não significa que sempre será assim.

Em segundo lugar, poderíamos desenvolver uma IA autoconsciente que funcione de maneira diferente da consciência humana, sem a necessidade de conhecê-la em profundidade. Mas talvez o argumento mais óbvio a favor da criação de uma IA autoconsciente seja a natureza do nosso próprio cérebro. Nosso cérebro, afinal, é uma espécie de máquina composta por átomos, como qualquer outro. Sendo assim, por que não poderíamos criar algo semelhante por meios artificiais?

Mito 03: As empresas não precisam de uma estratégia de IA

Realidade: Ah sim, você precisa. Já viu alguma inovação do mercado não ser necessária no seu negócio? É aquela tecla em que sempre batemos, se você não surfa a onda da tecnologia, os outros acabam surfando sem você.

As empresas precisam estar preparadas e aptas para receberem esse tipo de inovação e estratégia porque a inteligência artificial, assim como outras inovações, chegou para ficar. E diferente do que algumas pessoas pensam, a intenção não é substituir humanos por tecnologia e sim potencializar as pessoas através de inteligência artificial.

Mito 04: A IA tomará decisões e fará diagnósticos médicos

Realidade: Sim, isso poderá acontecer até porque a tecnologia na medicina está avançando em passos largos. Mas isso não significa que a última palavra e o diagnóstico final será dado pela IA.

É provável que a Inteligência Artificial comece sendo usada em processos de diagnóstico e em etapas mais simples, porém sempre com a supervisão de um médico.

Mito 05: A IA permite que as organizações reduzam custos

Realidade: Esse é um equívoco comum, mas a IA geralmente exige que as organizações tomem mais medidas para redução de custos. A execução de processos de dados com IA requer ainda mais poder de engenharia e computação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *